DONA EUGÊNIA E DIVINO ESPÍRITO SANTO

 Fonte: Valter 

PROJETO SANTUÁRIO DIVINO ESPIRITO SANTO




Idealizador: Valter Magalhães Pinto

1. INTRODUÇÃO
O homem é um animal simbólico, onde quer que humanos tenham estado, eles sempre usaram e criaram símbolos. De fato, parece que não conseguimos ficar sem eles. Os símbolos possuem um poder além das palavras porque carregam uma variedade de significados que falam à alma, à mente e às emoções. Os símbolos nos desafiam a ir além do que está diante de nossos olhos, ir além do óbvio.
Um símbolo é diferente de um sinal. Um sinal indica o caminho, enquanto um símbolo guarda algo mais do que seu significado imediato. O significado potencial de um símbolo é muito maior do que aparenta à primeira vista. Um símbolo representa uma idéia, o abstrato e o concreto.

2. DESENVOLVIMENTO
Caminhando sob o farol do Circuito Turístico CAMINHOS DO INDAIÁ, que segue a doutrina de um circuito rural sustentado na procura de diamantes e do culto à fé cristã pelos nossos antepassados. A historia de nosso município necessita ser resgatada e difundida entre os munícipes e aos não munícipes; pois, trata-se de uma obra de arte muito bem trabalhada. No entanto, está perdida ao longo do tempo e espaço; esta história trará à tona a verdadeira leitura da nossa identidade, cultura e historicidade.
Portanto, por força da fé católica, e da historicidade local/regional, há a necessidade de se construir um monumento em homenagem a Divino Espírito Santo, símbolo que nos identifica na busca do alicerçar da alma.
Este projeto propõe estabelecer um fio condutor entre a religião e história local, as quais foram formadas com a amálgama de diamantes e fé católica; estas iniciadas no período setencentista, mais precisamente a partir do primeiro quartil do século XVIII no ano de 1720 sobre a migração de corajosos escravos esquivos dos grilhões, e gentios, sob a barbárie do homem branco á procura da emergente riqueza predatória.
O novo Santuário passará a ser local de realizações de missas, procissões, pagamentos de promessas, pedidos espirituais, ou seja, um lugar de preces e visitação histórica; um destino a mais para o povo de Quartel Geral.
Cabe lembrar que a comemoração religiosa mais marcante oriunda da Europa, é a festa do Divino; quando não se tinha o padre para celebrar a missa era então entoado o terço muitas vezes em agradecimento a uma prece alcançada e outras vezes para agradecer desde a chuva que caiu, ou pelo sol, para colher os frutos e sementes, promessas alcançadas, e outras graças mais. Em nosso município comemora-se até os dias atuais, preservando assim a religiosidade e a cultura popular da nossa cidade, ela traduz a força das raízes brasileiras, mineira e local, comemorada geralmente no mês de Maria.
Pesquisas recentes realizadas por este idealizador; aponta que o santuário deverá ser construído nas coordenadas xxxxxxxxxxxxx, local em que Eugênia Joaquina da Silva (Dona Eugênia) – Amásia de Tiradentes - ocupou para dimensionar suas posses e fazer a doação ao Divino Espírito Santo, o que favorece até os dias atuais à comunidade quartelense, pois, os munícipes recebem gratuitamente o terreno para edificarem suas casas.
Este local permitirá ao visitante/peregrino a vista panorâmica dos principais pontos turísticos urbanos, valorizando o Quartel Geral-MG e os quartelenses.

3. TEMA
Religião e história


4. PROBLEMA
O desconhecimento e o descaso histórico cultural e religioso do lugar, Quartel Geral-MG.

5. OBJETO DE ESTUDO
A construção do Santuário do Divino Espírito Santo em Quartel Geral-MG.

6. OBJETIVO
Objetiva-se a realizar uma síntese multifocal da história, religião, cultura e identidade do povo quartelense, de modo a dar enfoque maior ao turismo e ampliar nossos valores, além de colocar em destaque os feitos de nossos antepassados, visando extrapolar a história existente e buscar novas visões do conhecimento histórico e despertar o interesse pelas nossas raízes.

7. PÚBLICO ALVO:
Turistas, e religiosos.

8. CENÁRIO
O cenário será uma pequena parcela do legado de Dona Eugênia destinado a nós quartelenses, o qual está localizado em um pequeno planalto ligeiramente inclinado em direção aos córregos: Pedro Porfírio e do Cafanjo. Estes cursos d’água, ainda guardam testemunhos de veredas de topo, afirmando o caminho utilizado pela Coroa até o final do século XVIII, em direção aos rios Diamantíferos e aos enclaves fortificados .

9. PLANEJAMENTO E EXECUSÃO DA OBRA
O projeto será executado pela Prefeitura Municipal (Secretaria do Meio Ambiente/Obras), não sendo de responsabilidade e propriedade do Vaticano, ficando este símbolo cultural e religioso tombado e destinado ao povo de quartel geral.
O símbolo poderá ser uma simples construção de baixo custo; haja vista pela simplicidade que o é, com sua faceta voltada para a cidade, simbolizando a guarda e a vigilância espiritual dos moradores.

10. JUSTIFICATIVA
A falta de historicidade de nosso município se deve em razão da pouca preocupação dos moradores, dirigentes e gestores locais. Preocupado também com o turismo, é nossa obrigação enaltecer e valorizar pessoas que fizeram a história local; para que haja futuras visitações e (re)conhecimento de nossa cidade a nível regional e nacional.
Diante de tão bela história feita por Tiradentes, sua amásia e filho, temos a responsabilidade de realizar este resgate cultural e histórico, construindo o Santuário do Divino Espírito Santo.
Esta construção justifica-se em razão de muitos munícipes não possuir pecúnia suficiente para realizar roteiros religiosos tradicionais e conhecidos em nosso país ou exterior. Aqui mesmo em nossa cidade será possível se tornar um peregrino em roteiro religioso, com a intenção de receber os benefícios espirituais.
Justifica-se ainda, pela beleza cultural e histórica do município.
A justificativa pode ser sustentada em razão do resgate da identidade, história e cultura do povo quartelense.

Por último, o Santuário poderá ser um simples símbolo do Divino Espírito Santo ou um mirante para que nós quartelenses e visitantes tenhamos uma vista panorâmica do episódio realizado por Dona Eugênia, por ocasião da doação de suas posses ao Divino Espírito Santo; ou seja, será uma obra de baixo custo e de alto valor histórico e religioso.

11. RESULTADO ESPERADO

A construção do Santuário Divino Espírito Santo pela Prefeitura Municipal.


Lucas 10,1-12

'“A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos”.(...)‘O Reino de Deus está próximo de vós’. '



Outras Fotos
Notícia Postada em 26/03/2012 por: Valter Magalhães Pinto

Outras Notícias


Foram encontradas 46 Notícia(s)!

Exibindo Notícia(s) de 1 a 30
> [13/06/2017] - QUARTELENSE RECEBE MAIS ALTA CONDECORAÇÃO DO EB
> [04/02/2016] - LANÇAMENTO DO PRIMEIRO LIVRO SOBRE A HISTÓRIA DE QUARTEL GERAL
> [24/09/2015] - HINO OFICIAL DE QUARTEL GERAL
> [05/11/2014] - Quartelense recebe a mais alta medalha da Aeronáutica
> [02/09/2014] - Quartelense é nomeado Delegado
> [21/07/2014] - Quartelense recebe a mais alta condecoração das Forças Armadas
> [29/04/2014] - Quartelense é promovido a Tenente do Exército.
> [29/06/2012] - Filho de Tiradentes em Quartel Geral
> [20/05/2012] - NOVO PRÉDIO DA EDUCAÇÃO INFANTIL
> [20/05/2012] - NOVO PARQUE DE EXPOSIÇÃO EM QUARTEL GERAL
> [15/05/2012] - FESTA NO CAMPO ALEGRE
> [26/03/2012] - DONA EUGÊNIA E DIVINO ESPÍRITO SANTO
> [26/03/2012] - FOLIÕES MIRINS
> [14/03/2012] - QUARTEL GERAL ESTÁ MAIS BELA
> [25/10/2011] - FARMÁCIA DE MINAS EM QUARTEL GERAL
> [18/10/2011] - CAVALGADA EM QUARTEL GERAL
> [13/09/2011] - DESFILE CÍVICO NO DIA 07 DE SETEMBRO
> [11/08/2011] - FESTA DO ROSÁRIO 2011
> [30/06/2011] - Quartel Geral faz 57 anos
> [28/04/2011] - Hotel em Quartel Geral
> [23/02/2011] - BRASILEIROS NO EGITO
> [17/10/2010] - TROPEIROS EM QUARTEL GERAL
> [19/08/2010] - ORIGEM DOS ESCRAVOS NO BRASIL
> [20/07/2010] - DESCOBERTO CEMITÉRIO ANTIGO EM QUARTEL GERAL
> [10/06/2010] - ESCOLA ADOTA BANDEIRA
> [18/05/2010] - Regimento Interno
> [18/05/2010] - Projeto Lei
> [18/05/2010] - Lei Orgânica
> [25/04/2010] - Agência de Correios em Quartel Geral
> [18/02/2010] - Quartel Geral inserido em Circuito Turístico
« Anterior | 1|2|  Próxima »