FOLIÕES MIRINS

 Fonte: Valter 
PROJETO FOLIÕES MIRINS





Idealizador: Valter Magalhães Pinto

INTRODUÇÃO
A atual educação nos mostra um aspecto discriminatório de conteúdos ministrados na sala de aula. Uma realidade que privilegia determinados conhecimentos e se esquece da verdadeira leitura da realidade do aluno, produzindo assim, uma educação distante da vida do educando.
Portanto, este projeto de pesquisa propõe, estabelecer um debate sobre as políticas migratórias de estudantes; a reestruturação familiar, e principalmente o resgate cultural e a inserção da musicalidade na Escola Municipal em Quartel Geral e estabelecer com o aluno uma relação dialógica e questionadora.

PARTE I - ESTRUTURAÇÃO DO PROJETO DE ENSINO

1. TEMA: Música e Cultura.
1.1. Nível de Envolvimento das Disciplinas: Projeto Multidisciplinar
2. DOCENTE(S) RESPONSÁVEL(IS): O (A) Professor(a) de Artes.
3. PÚBLICO ALVO: Alunos da Escola Municipal Adair de Oliveira Pinto.
3.1. Pré-Diagnóstico do Público Alvo
Os alunos da Escola Municipal Adair de Oliveira Pinto, em geral adolescentes, podem partilhar de um momento de mudanças internas e externas na educaçaõ. A adolescência é a fase mais complexa e dinâmica do ponto de vista físico e emocional na vida do ser humano, e também realizar mudanças no espaço físico o qual está inserido.
4. CENÁRIO
O cenário é a Escola Municipal Adair de Oliveira Pinto do Município de Quartel Geral – MG.
4.1. Breve Diagnóstico da cultura de Quartel Geral - MG
Observa-se que nas últimas décadas, os munícipes quartelenses não têm dado a devida atenção para a questão do resgate cultural, específica do lugar.
4.2. A realidade dos alunos e da Escola Municipal Adair de Oliveira Pinto
Diferem-se bastante entre si, filhos de pequenos proprietários, de funcionários locais, de trabalhadores rurais, etc. Por outro lado, na mesma classe, estudam ainda, filhos de comerciantes, fazendeiros, funcionários públicos e políticos locais.
5. JUSTIFICATIVA
A falta de uma coordenação dos munícipes e principalmente os educadores para que haja um resgate cultural, o que difere de outros municípios, onde muitos têm uma devida instrução diferenciada. Este projeto torna-se interessante na medida em que esclarece aos jovens desta escola, sobre os aspectos positivos da arte, cultura local, música e tradições. Ele ainda se justifica por ser de relevância social, pois discute a perda de identidade social e cultural dos cidadãos quartelenses, a questão da nova estrutura familiar, e questões relacionadas com o afastamento da educação diferenciada e voltada para as artes.


6. OBJETIVOS:
6.1. Objetivo Geral
• Esclarecer o Gestor Municipal, Secretária de Educação, Secretária de Cultura, Professores e Alunos quanto aos aspectos positivos e a importância do resgate cultural e a inserção da música na Escola.
6.2. Objetivos Específicos
• Responder às questões culturais para que alunos e comunidade tenham a dimensão e a visão crítica da ausência da música na Escola;
• Desenvolver atividades que proporcionem ao aluno a capacidade de leitura do processo da arte musical, por meio de diversas representações;
• Incentivar a pesquisa e a arte;
• Aguçar a criatividade na resolução de problemas emergentes do espaço geográfico quartelense (resgate da cultura e tradições);
• Estimular o trabalho em grupo.
• Criação dos Foliões Mirins
7. PLANEJAMENTO DAS ATIVIDADES
O projeto de ensino em questão sugere ser pensado a partir de uma prática multidisciplinar, que envolva todas as disciplinas e professores. Em um período em que todas as atividades da escola estariam voltadas para aquele assunto. Seria uma Semana de Resgate à Cultura.
7.1. Propostas Metodológicas
• Construção de textos, vídeos, ensaios fotográficos, desenhos, croquis, apresentações de Ternos Dançantes e folias;
• Entrevistas e palestras de naturais de Quartel Geral, principalmente os foliões antigos e jovens (do sexo masculino e feminino);
• Seminários;
• Mini-gincanas;
• Construção de debates fundamentados em textos didáticos ou em linguagens da produção cultural;
• A produção de jornal e painéis.

PARTE II - O PROJETO DE ENSINO

1. QUESTIONAMENTOS INICIAIS
A partir da “esquecimento cultural” e a ausência da música no currículo escolar, a Escola Municipal objetiva resgatar a cultura do nosso lugar. É possível abordar questões que estão presentes numa conjuntura maior que os limites do próprio município. O papel social e suas transformações no cotidiano do município (desvalorização dos folias de reis, congados, festas do Divino e Rosário, festas religiosas voltadas para o paganismo, o distanciamento das famílias e a busca à violência) contribuirão para instigar a curiosidade dos alunos no entender das questões culturais.
2. PROPOSTA PARA O PROJETO: DESENVOLVIMENTO, METODOLOGIA, ESTRATÉGIA E RECURSO
Há de existir uma preocupação em se trabalhar conteúdos e temas que permitam a todo o instante a utilização do cotidiano dos alunos.

2.1. Primeiro Trabalho
Antes mesmo de aprofundarmos em uma discussão sobre resgate cultural, discutir um pouco o conceito de lugar. O objetivo deste conteúdo é questionar o significado da categoria lugar. Será que Quartel Geral é o lugar de todos? O que significa deixar este lugar? Por que chamamos Quartel Geral de Nosso? O que podemos fazer por ele quanto à arte e cultura?
2.2. Segundo Trabalho
Construção de tabelas e gráficos sobre a existência no passado e atual, de Ternos dançantes e de Folias de Reis.
2.3. Terceiro Trabalho
Chegou a hora de construir as maquetes, utilizando os recursos e a aprendizagem das aulas previamente dadas durante o ano letivo (elaboração de mapas, legendas, escalas e convenções). Dessa aula propor-se-á a construção de ternos dançantes e folias de reis. É nessa atividade que avaliaremos o que foi mudado (instrumentos, números de pessoas, tipo de vestuário, etc.).
2.4. Quarto Trabalho
O Professor sugeriria a turma um estudo de caso sobre o tema. A turma seria dividida em 4 grupos, onde cada qual ficaria responsável para cada tópico ou capítulo do trabalho.
2.5. Quinto Trabalho
Orientações ao Facilitador: O que leva as pessoas a deixarem a arte e a cultura local, e deixar perder um bem tão precioso, a vergonha, oportunidade, uma transformação social em busca de outros valores? Quem é o vencedor e quem é o perdedor? Os dados censitários mostram que houve uma diminuição significativa das Folias de Reis (Mostrar dados). O que aconteceu na área educacional de nossa cidade?
1º Grupo – Histórico da folia de reis, os lugares onde existiam em nosso Município, o Êxodo Rural, com mais ênfase para os moradores das áreas rurais, as mudanças na agricultura, no Município; identificando as principais áreas e épocas dos fluxos migratórios.
2º Grupo - Os aspectos negativos e positivos da migração, a periferização nas cidades, a corrida dos migrantes para outros municípios e Estados. Trabalho assalariado x migração, a indústria da “Belgo Mineira”, informatização, e migrações compulsórias.
3º Grupo - As condições que vivem os quartelenses. O que pensa e o que faz o poder público em relação ao resgate cultural. O papel da Igreja e a Cultura.
4º Grupo - Exclusão social e ou perda da identidade social.

4. MÉTODO DE AVALIAÇÃO
Necessário um acompanhamento passo a passo do processo de ensino-aprendizagem, sem, contudo eliminar a presença dos alunos durante as atividades. Deve-se interpretar o nível de qualidade dos trabalhos produzidos durante a semana, bem como o envolvimento dos alunos nas atividades.
• Apresentação de materiais produzidos durante a Semana: Maquetes, Cartazes, Painéis, Apresentações Artísticas (Danças, Teatro, e outros)
• Apresentação oral e escrita dos diferentes relatórios e trabalhos realizados durante a Semana.



Outras Fotos
Notícia Postada em 26/03/2012

Outras Notícias


Foram encontradas 46 Notícia(s)!

Exibindo Notícia(s) de 1 a 30
> [13/06/2017] - QUARTELENSE RECEBE MAIS ALTA CONDECORAÇÃO DO EB
> [04/02/2016] - LANÇAMENTO DO PRIMEIRO LIVRO SOBRE A HISTÓRIA DE QUARTEL GERAL
> [24/09/2015] - HINO OFICIAL DE QUARTEL GERAL
> [05/11/2014] - Quartelense recebe a mais alta medalha da Aeronáutica
> [02/09/2014] - Quartelense é nomeado Delegado
> [21/07/2014] - Quartelense recebe a mais alta condecoração das Forças Armadas
> [29/04/2014] - Quartelense é promovido a Tenente do Exército.
> [29/06/2012] - Filho de Tiradentes em Quartel Geral
> [20/05/2012] - NOVO PRÉDIO DA EDUCAÇÃO INFANTIL
> [20/05/2012] - NOVO PARQUE DE EXPOSIÇÃO EM QUARTEL GERAL
> [15/05/2012] - FESTA NO CAMPO ALEGRE
> [26/03/2012] - DONA EUGÊNIA E DIVINO ESPÍRITO SANTO
> [26/03/2012] - FOLIÕES MIRINS
> [14/03/2012] - QUARTEL GERAL ESTÁ MAIS BELA
> [25/10/2011] - FARMÁCIA DE MINAS EM QUARTEL GERAL
> [18/10/2011] - CAVALGADA EM QUARTEL GERAL
> [13/09/2011] - DESFILE CÍVICO NO DIA 07 DE SETEMBRO
> [11/08/2011] - FESTA DO ROSÁRIO 2011
> [30/06/2011] - Quartel Geral faz 57 anos
> [28/04/2011] - Hotel em Quartel Geral
> [23/02/2011] - BRASILEIROS NO EGITO
> [17/10/2010] - TROPEIROS EM QUARTEL GERAL
> [19/08/2010] - ORIGEM DOS ESCRAVOS NO BRASIL
> [20/07/2010] - DESCOBERTO CEMITÉRIO ANTIGO EM QUARTEL GERAL
> [10/06/2010] - ESCOLA ADOTA BANDEIRA
> [18/05/2010] - Regimento Interno
> [18/05/2010] - Projeto Lei
> [18/05/2010] - Lei Orgânica
> [25/04/2010] - Agência de Correios em Quartel Geral
> [18/02/2010] - Quartel Geral inserido em Circuito Turístico
« Anterior | 1|2|  Próxima »